A Função Intestinal e a Força Muscular nos Idosos

 A Função Intestinal e a Força Muscular nos Idosos

Olá, tudo bem com você?

A diminuição da massa e da função muscular, chamado de Sarcopenia, é um processo natural que ocorre na fase do envelhecimento humano onde o fenômeno metabólico da resposta da síntese de proteínas está prejudicado devido ao menor fornecimento de aminoácidos na dieta e pela baixa prática de exercícios.

A função intestinal é responsável pela modulação da disponibilidade de aminoácidos e inflamações de baixo grau os quais são fatores fisiológicos que contribuem para provocar a perda de massa muscular no envelhecimento.
Em Outubro, a Frontiers in Physiology publicou um estudo que mostra a importância do mecanismo da função intestinal e as implicações da Sarcopenia nos Idosos, o que é chamado de eixo músculo-intestino.

A Sarcopenia está relacionada a diminuição da massa e da função dos músculos no envelhecimento acometendo entre 8 a 13% dos Idosos podendo causar maior risco de quedas, fraturas, fragilidade, perda da mobilidade, independência e mortalidade prematura.
Uma alteração da composição das bactérias presentes no intestino durante o envelhecimento, é um fenômeno natural que colabora diretamente no aumento do risco da Sarcopenia uma vez que o intestino é um regulador das funções fisiológicas, metabólicas e imunológicas da saúde humana. Essas alterações podem ocorrer por fatores genéticos, dieta e níveis de atividade física durante o envelhecimento.

O estudo comparou através de exames fecais o tipo de microbiota intestinal encontrada em idosos saudáveis e frágeis mostrando a relação existente entre o eixo músculo-intestino reforçando a existência da disfunção do músculo esquelético durante o envelhecimento.
O exercício físico inibe o estado inflamatório do organismo além de aumentar a proliferação de espécies microbianas intestinais quando comparado aos indivíduos sedentários de uma mesma idade, desta forma, idosos mais ativos possuem uma característica específica de bactérias em abundância.

O exercício resistido tem vários benefícios metabólicos à saúde que vão desde a melhora da sensibilidade a insulina até o fornecimento de estímulo metabólico melhorando a diversidade e a composição da microbiota intestinal.

Para obter um envelhecimento mais saudável e com menos complicações na saúde, é preciso adquirir alguns hábitos que podem potencializar a saúde nessa fase como praticar atividade física regularmente combinando exercícios aeróbios com os de resistência que necessitam realizar força durante a atividade, fazer exames frequentes e procurar uma nutricionista para orientar de forma personalizada uma dieta mais adequada para ganho e manutenção da massa muscular atuando também na saúde intestinal para garantir uma maior absorção de todos os aminoácidos pelo intestino ajudando na prevenção da Sarcopenia.

Forte abraço, cuide-se bem e conte comigo!
Fonte: https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fphys.2021.770455/full
Dr. Robson G. Mailho – Fisioterapeuta – CREFITO-3 108.159F
Colunista do Jornal Digital da Região Oeste
Instagram: @rm_fisiopersonal

 

Relacionados

SE INSCREVA PARA RECEBER NOTÍCIAS E BOLETINS EXCLUSIVOS