Por que o Sobrepeso e a Obesidade podem agravar a COVID-19?

 Por que o Sobrepeso e a Obesidade podem agravar a COVID-19?

Desde o início da pandemia de COVID-19, novos comportamentos foram sendo incorporados na rotina de cada um e isso provocou sérias mudanças nas questões que envolve a saúde física, mental e emocional individualmente.

Porque sabemos que trabalhar em casa é sinônimo de movimentar-se menos, ter mais acesso aos alimentos, fazer as próprias refeições, isolamento social e tantas outras mudanças diminuiu drasticamente o movimento do nosso corpo. Então, tudo isso colabora para aumentar o peso corporal piorando nossa saúde, mas o que a sobrepeso e a obesidade causam em nosso organismo que pode agravar a contaminação pela COVID-19?

Para a OAC

A Associação de Coalisão da Obesidade – (OAC), situada em Tampa nos EUA, divulgou uma cartilha sobre os riscos do sobrepeso e a obesidade na contaminação da COVID-19 e menciona que a pessoa obesa, devido ao aumento da gordura localizada na região do abdome, nos casos de internação, o diafragma é empurrado para cima diminuindo o fluxo respiratório para os Pulmões, o sangue dos obesos, possui uma tendência maior de coagulação podendo formar trombos que podem entupir artérias importantes interrompendo o fluxo de sangue podendo causar doenças mais graves como a Embolia Pulmonar, a imunidade dessas pessoas também não é tão forte, à medida que o Índice de Massa Corpórea – IMC aumenta, também aumenta os riscos de outras doenças como Diabete, Hipertensão, Cardiopatias, Asma e outras.

Dados

Segundo a Agência Brasil, entre 2003 e 2019, a população obesa com 20 anos ou mais, mais que dobrou passando de 12,2% para 26,8%, no mesmo período, a obesidade feminina, passou de 14,5% para 30,2%. Em 2019 no Brasil, uma em cada quatro pessoas com 18 anos ou mais, estava obesa, o equivalente a 41 milhões de pessoas sendo 29,5% mulheres e 21,8% homens.

A pessoa com mais gordura no corpo, possui uma condição inflamatória crônica e se for contaminada pela COVID-19, doença que provoca no organismo, uma reação inflamatória generalizada, as pessoas obesas, podem vir a óbito mais facilmente.

Mas, com os números acima, ficam mais fáceis de compreender a mudança de comportamento da COVID-19 atingindo pessoas mais jovens, aumento do número de óbitos e o número de pessoas sequeladas, após a recuperação da doença.

Porque, o sobrepeso e a obesidade, são condições que podem ser alteradas com o auxílio de profissionais da saúde como o Nutricionista que orienta uma alimentação melhor, o Educador Físico para orientar exercícios físicos adequados em todas as fases do emagrecimento, o Fisioterapeuta que pode colaborar com exercícios físicos adaptados preparando melhor o corpo evitando lesões, e tudo isso, como o passar do tempo, muda seu corpo, sua mente, sua saúde e protege você de diversas doenças.

Forte abraço, cuide-se bem sempre e conte comigo!
Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-10/ibge-obesidade-mais-do-que-dobra-na-populacao-com-mais-de-20-anos~

Covid-19 and Obesity: What Does it Mean For You?

Dr. Robson G. Mailho – Fisioterapeuta – CREFITO-3 108.159F
Colunista do Jornal Digital da Região Oeste
Instagram: @rm_fisiopersonal

Relacionados

SE INSCREVA PARA RECEBER NOTÍCIAS E BOLETINS EXCLUSIVOS