Osasco sediou o 5º Encontro Brasileiro de Governo Aberto

 Osasco sediou o 5º Encontro Brasileiro de Governo Aberto

Imagens: Divulgação / PMO

Compartilhe essa matéria

Portanto, Osasco sediou o 5º Encontro Brasileiro de Governo Aberto, realizado no Centro Municipal de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (CEFOR). Com diversas atividades focadas na criação de redes de aprendizagem e na partilha de experiências sobre governo aberto, a programação incluiu oficinas, palestras e atividades de formação.

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

 

Organizado pela Rede Brasileira de Governo Aberto, o evento nacional contou com a presença do prefeito de Osasco, Rogério Lins, e reuniu especialiastas, autoridades e representantes de governo e da sociedade civil que discutiram e promoveram ações de transparência, participação cidadã e inovação na gestão pública.

“Queremos deixar um legado de participação, democracia, transparência e com a sociedade civil organizada sendo protagonista dentro dos governos e ajudando a gente a transformar a vida das pessoas. Vamos deixar esse legado, porque é muito importante criarmos mecanismos para que isso não seja uma política do nosso governo, e sim uma política de governos, afinal, não podemos nos preocupar apenas com eleições, temos que nos preocupar com as próximas gerações”, disse Rogério Lins.

Em sua explanação, a diretora do Departamente de Governo Aberto e Fortalecimento da Cidadania da Secretaria de Planejamento e Gestão de Osasco, Carolina Matias, relembrou o início da participação do município na Open Government Partnership (OGP).

“Nós de Osasco estamos honrados por sediar esse grande encontro. Passa um filme na minha cabeça quando lembro que lá em 2020 foi assinada a carta de compromisso com a OGP e no mesmo período foi criado o Departamento de Governo Aberto em nossa cidade. Durante esse encontro, teremos ainda o lançamento da Rede Brasileira de Governo Aberto com a apresentação de sua carta de princípios”, explicou.

Representando a sociedade civil, a docente da Universidade Federal de São Paulo, campus Osasco, Gabriela de Brelàz, disse que o trabalho para um governo aberto não é recente, pois o Brasil possui um importante histórico participacionista na frente de políticas de transparência.

“Esses dois dias que estaremos juntos será mais que um momento para discussão de inclusão de princípios e estratégias de governo aberto, o 5º Encontro Brasileiro simboliza o resultado de trabalhos introduzidos por governos e pela sociedade civil na construção e insticionalização de uma agenda de governo aberto que culmina no lançamento da Rede Brasileira de Governo Aberto”, afirmou.

A abertura do evento contou com a presença dos secretários municipais Eder Alberto Ramos Máximo (Planejamento e Gestão) e José Carlos Vido (Assistência Social), do vereador Laercio Patrício de Mendonça, da representante da OGP, Clorinda Romo, do assessor especial do Ministro da Controladoria Geral da União, Iagê Zendron Miola, entre outras autoridades.

O 5º Encontro Brasileiro de Governo Aberto teve a realização da Controladoria Geral da União (CGU), do Estado de Santa Catarina, das Prefeituras de São Paulo (SP),  de Osasco (SP), de Contagem (MG) e de organizações da sociedade civil, como a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o Colaboratório de Desenvolvimento e Participação da Universidade de São Paulo (USP), a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Open Knowledge Brasil (OKBR), Instituto Prospectiva (INSPRO), Rede pela Transparência e Participação Social (RETPS), Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (CEWEB.BR), Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.BR) e Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.BR).

0 Reviews

Relacionados