Morre aos 69 anos em Barueri, o apresentador e jornalista Fernando Vannucci

 Morre aos 69 anos em Barueri, o apresentador e jornalista Fernando Vannucci
Compatilhe essa matéria

Famoso pelo bordão ‘Alô, você!’, jornalista foi âncora de telejornais da Rede Globo, como o Globo Esporte. No ano passado, sofreu um infarto.

Por redação

Famoso pelo bordão “Alô, você!”, o apresentador e jornalista Fernando Vannucci morreu aos 69 anos, em Barueri nesta tarde de terça-feira (24). Vannucci deixa quatro filhos — Fernandinho, Frederico, Júlia e Antônio Henrique.

Segundo Fernandinho Vannucci, filho do apresentador, na manhã desta terça, ele passou mal em casa em Alphaville, e foi levado para o hospital.

De acordo com informações da Guarda Civil Municipal de Barueri, Vannucci foi levado ao Pronto-Socorro central da cidade (SAMEB), onde morreu. A causa da morte ainda não foi divulgada.

No ano passado, Vannucci sofreu um infarto e ficou internado no Hospital Oswaldo Cruz, onde passou por uma angioplastia coronária. Ele chegou a colocar um marcapasso.

Em 2001, foi operado do coração e, em 2004, colocou um stent (pequenas próteses que podem ser colocadas dentro das artérias para “alargar” e evitar o bloqueio dos vasos sanguíneos; veja como elas funcionam aqui).

Segundo o filho do apresentador, que é médico, por causa dessas últimas complicações, o pai estava trabalhando de casa.

“Nesses tempos de pandemia, pelo fato de ele ter uma saúde cardiológica mais frágil, meu pai vinha se resguardando muito. Ele sempre me ligava para tirar todas as dúvidas sobre a Covid. Estive com ele no mês passado em São Paulo, acho que foi a última vez que a gente se viu. Ele já estava com a saúde fragilizada e a pandemia fez com que ele trabalhasse de casa, onde gravava as coisas e mandava para a TV. Ele me mostrou o que estava fazendo, e fazia tudo basicamente de casa por conta dessa loucura toda que a gente está vivendo”, afirmou Fernandinho Vannucci.

Trajetória

Nascido em Uberaba, Vannucci começou a trabalhar em rádio ainda adolescente. Na década de 70, entrou na TV Globo, em Minas Gerais, e depois foi transferido para a Globo do Rio de Janeiro. Na emissora, apresentou jornais como o Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Gols do Fantástico, entre outros.

Relacionados