Imóveis em Osasco atinge média de R$6.550 o metro quadrado

 Imóveis em Osasco atinge média de R$6.550 o metro quadrado

House key in home insurance broker agent’s hand protection or in salesman person giving to buyer customer

Índice Hiperdados divulgado nesta semana aponta preço médio dos imóveis em construção na cidade paulista

A Hiperdados – proptech que melhora a rentabilidade de incorporadoras e construtoras através de data science e inteligência artificial desde a prospecção do terreno até a conclusão do empreendimento imobiliário – divulgou o primeiro Índice Hiperdados de 2022.

Os dados divulgados pela startup do ramo imobiliário todos os meses indicam os preços médios de unidades habitacionais em construção em 24 cidades brasileiras. A novidade no levantamento é a inclusão de novos municípios como o Rio de Janeiro (RJ), Itapema (SC) e Vila Velha (ES).

Lançamentos imobiliários em Osasco

No mês de dezembro, a cidade paulista registrou o preço médio de R$6.550 por m² de todos os imóveis lançados para comercialização nos últimos 31 dias de 2021. A faixa de valores de metragem que mais predominou foi de R$6 mil a R$11 mil, responsável por 62,20% de todos os lançamentos.

Confira abaixo a porcentagem de imóveis separados por valores em Osasco (SP):

  • Imóveis residenciais em construção com valor até R$6 mil: 35,37%;

  • Em construção com valor de R$6 mil até R$11 mil: 62,20%;

  • Já em construção com valor de R$11 mil até R$16 mil: 2,42%;

  • Também em construção com valor acima de R$16 mil: 0%.

O que Índice Hiperdados leva em conta

Os imóveis residenciais em construção levados em conta no Índice Hiperdados foram divididos em quatro frequências de acordo com seus valores por metro quadrado: até R$6mil, de R$6mil até R$11mil, de R$11mil até R$16mil e valor acima de R$16mil.

As informações encontradas no material são de  incorporadoras imobiliárias, que compartilham os dados com a proptech.

O Índice Hiperdados referente ao mês de dezembro apontou o valor do metro quadrado dos lançamentos entre os dias 1° e 31 do último mês em cidades nos estados de São Paulo (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano, Diadema, Guarulhos, Osasco, Barueri, Sorocaba, São José dos Campos, Campinas, Jundiaí, Mogi das Cruzes, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São Paulo e Praia Grande), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Paraná (Curitiba e São José dos Pinhais), Santa Catarina (Florianópolis, Balneário Camboriú, Itapema e Itajaí) e Espírito Santo (Vila Velha).

Variações de preços por cidades

No Índice Hiperdados deste mês foi possível comparar as variações de valores do metro quadrado nos meses de novembro e dezembro de 2021 com exceção nas cidades que são novidade no último levantamento.

Os dados permitem que incorporadoras tenham um “termômetro” de preços dos imóveis em construção nos municípios.

 

CIDADE

Preço médio do m² em novembro de 2021

Preço médio do m² em dezembro de 2021

Variação do preço do m² entre novembro e dezembro de 2021

Balneário Camboriú – SC

R$ 19.377

R$ 19.768

2,02%

São Paulo – SP

R$ 9.984

R$ 10.073

0,89%

Florianópolis – SC

R$ 9.908

R$ 9.828

-0,81%

Itajaí – SC

R$ 9.623

R$ 9.449

-1,81%

Curitiba – PR

R$ 9.105

R$ 9.323

2,93%

São Caetano – SP

R$ 8.213

R$ 8.434

2,69%

Santo André – SP

R$ 7.866

R$ 7.819

-0,60%

Barueri – SP

R$ 7.687

R$ 7.823

1,77%

Campinas – SP

R$ 7.475

R$ 7.472

-0,04%

Mogi das Cruzes – SP

R$ 6.792

R$ 6.981

2,78%

Osasco – SP

R$ 6.446

R$ 6.550

1,61%

Praia Grande – SP

R$ 6.325

R$ 6.373

0,76%

Jundiaí – SP

R$ 6.130

R$ 6.113

-0,28%

São Bernardo do Campo – SP

R$ 6.102

R$ 6.036

-1,08%

Diadema – SP

R$ 5.738

R$ 5.901

2,84%

São José do Rio Preto – SP

R$ 5.738

R$ 5.683

-0,96%

Guarulhos – SP

R$ 5.657

R$ 5.763

1,87%

São José dos Pinhais – PR

R$ 5.519

R$ 5.431

-1,59%

São José dos Campos – SP

R$ 5.502

R$ 5.564

1,13%

Ribeirão Preto – SP

R$ 5.381

R$ 5.461

1,49%

Sorocaba – SP

R$ 4.971

R$ 4.908

-1,27%

Rio de Janeiro – RJ

R$ 9.579

N/A

N/A

Itapema – SC

R$ 11.933

N/A

N/A

Vila Velha – ES

R$ 11.057

N/A

N/A

Recorrência nos números

Assim como no índice divulgado com dados de novembro de 2021, Balneário Camboriú manteve-se como a cidade com maior valor do m² em dezembro. A exemplo de Sorocaba, que também manteve-se como o município com o menor preço por m².

Das quatro capitais listadas no levantamento, São Paulo é a cidade em que o preço de imóveis por m² foi mais elevado: R$9.984,00

Dos valores listados no Índice, a faixa que predominou entre todas as cidades listadas foi a de imóveis no valor de R$6 mil a R$11 mil por m². O município que mais lançou imóveis acima de R$16 mil foi Balneário Camboriú, com 59,23% do total de empreendimentos anunciados no último mês.

Dados complementares

Além das informações presentes no índice, a Hiperdados também disponibiliza dados sobre o mercado imobiliário em sua plataforma. Incorporadores podem ter acesso a dados sobre terrenos, quadras, bairros, questões legislativas, facilidades em torno daquele determinado local e outras informações.

Com o uso de Inteligência Artificial, a plataforma permite que incorporadoras avaliem também quais são os melhores terrenos para a construção de seus empreendimentos, e também a possibilidade de gerenciar seu landbank e fazer a gestão de recebíveis desde o início da obra até a entrega das chaves.

Além da big data de 16 milhões de dados disponíveis na plataforma, a proptech também está aprimorando seu machine learning, que visa compilar os dados armazenados na plataforma e os transforma em informações agregadas que são de interesse de players do mercado imobiliário.

Sobre a Hiperdados

Fundada em 2006, os empreendedores Wagner Dias e Luiz Prado criaram a Hiperdados com um foco inicial de desenvolver soluções de business intelligence (consultoria e desenvolvimento) para empresas de incorporação imobiliária.

Em 2015, os sócios iniciaram o desenvolvimento da plataforma Hiperdados. Nessa nova etapa, eles criaram uma solução simples e escalável para análises complexas de empreendimentos imobiliários nos principais estágios do ciclo de incorporação.

Três anos depois, a primeira versão da plataforma foi disponibilizada. Os feedbacks dos primeiros clientes que aderiram apontaram que a Hiperdados já era a solução mais eficaz para as empresas de incorporação imobiliária no Brasil.

No último ano, em busca de acelerar seu processo de crescimento e se firmar como um dos principais players do mercado, a Hiperdados fez sua primeira captação via CapTable, a plataforma de investimentos em startups da StartSe, conseguindo chamar a atenção de 449 investidores.

Para mais informações, acesse: https://hiperdados.com.br/site/

Relacionados

SE INSCREVA PARA RECEBER NOTÍCIAS E BOLETINS EXCLUSIVOS