Exercícios durante a quimioterapia, pode?

 Exercícios durante a quimioterapia, pode?
Compartilhe essa matéria

Olá, tudo bem com você?

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

Vários tipos de câncer, tem a caquexia – perda da massa muscular, como um mau prognóstico no tratamento e os agentes quimioterápicos, podem contribuir para essa perda muscular, mas os exercícios físicos são estratégias com potencial para minimizar essa perda muscular e a retomada tumoral.

Um artigo publicado em 20 de Novembro se 2020, demonstra que no caso de interrupção do tratamento quimioterápico, a continuidade dos exercícios físicos, pode ser adotada nesses casos evitando a atrofia muscular.

A atrofia muscular desempenha um papel importante na caquexia do câncer e os tratamentos quimioterápicos que utilizam agentes como a Doxorrubicina, contribuem para essa condição.

Em laboratório, camundongos com Câncer de Pulmão de Lewis, uma semana após o estabelecimento do tumor, um grupo desses animais, iniciou a quimioterapia com Doxorrubicina combinada com exercícios. Nesses animais, a prática de exercícios combinados com a quimioterapia, mostrou efeitos benéficos como a diminuição do crescimento tumoral após a interrupção da quimioterapia e também, os níveis de degradação de proteínas nos camundongos submetidos aos exercícios, voltaram aos níveis basais após a quimioterapia sugerindo os exercícios resistidos como uma ferramenta para atenuar a atrofia muscular promovida pelo agente quimioterápico e evitar a retomada do crescimento tumoral.

Cada vez mais, a manutenção da massa muscular, depende da combinação de uma alimentação adequada e de exercícios físicos personalizados e orientados para cada caso de maneira correta trazendo benefícios em todas as idades e em qualquer doença que tenha a perda de massa muscular como prognóstico.

A prática de atividade física, sobretudo os exercícios resistidos, têm sido cada vez mais utilizados como uma estratégia eficiente e segura para manter e melhorar a qualidade de vida das pessoas acometidas por doenças crônicas.

Na minha opinião, praticar atividade física, não é mais uma questão de escolha e sim, uma obrigação individual em qualquer idade!

Participe desse nosso bate-papo semanal enviando sugestões de temas, suas observações ou perguntas sobre Saúde, será um prazer conversar com você!

Forte abraço e cuide-se bem.

Fonte: Cancers 2020, 12 (11), 3466; https://doi.org/10.3390/cancers12113466

Dr. Robson Gonçalves Mailho Fisioterapeuta – CREFITO-3/ 108.159-F
Membro ABRAFIGE – Associação Brasileira de Fisioterapia Geriátrica
Qualified Professional na Silver Ocean 60+
Instagram: @rm_fisiopersonal
Facebook: Robson Gonçalves Mailho
LinkedIn: Robson Mailho
E-mail: robson.mailho@gmail.com

0 Reviews

Relacionados