Desemprego: Como se manter motivado!

 Desemprego: Como se manter motivado!

Por Mônica Pina

Nessa semana, recebi uma pessoa muito querida que me contou a sua falta de motivação em frente ao desemprego.

Então, decidi escrever esse texto para de alguma forma ajudar não só a um amigo querido, mas a você também, que passa por essa fase de desemprego.

Embora, o cliente conta que foram dias recebendo e-mails de “agradecimento” das empresas que se candidatou á vaga que teria como descrição suas atribuições profissionais, e nada!

Portanto, no entendimento parece que se perdeu a inteligência e a capacidade de trabalho, que se tornou um vagabundo por escolha, e isso doí muito. E a cada entrevista que não deu certo, a cada agradecimento junto com um não,  a sensação de impotência cresce e o medo toma os pensamentos.

Eu sei que não é fácil viver o desemprego, mas quanto mais o medo e a insegurança assolam a sua mente pior será o seu desempenho nesse projeto de recolocação.

Calma, sim dá para trabalhar a sua inteligência emocional para dar certo e parar de se boicotar frente as possibilidades que lhe apareceram.

Então, apresento algumas dicas, práticas e extremamente eficazes para te ajudar.

  • Não desista como todas as pessoas viventes, você já teve ter passado por situações que teve que engolir “sapos” e seguir em frente, se reinventar e mostrar para você mesmo e para a sua família que é forte, pois bem, essa é mais uma situação dessas.

Por isso, se reinvente, estude e foque no que precisa ser feito e FAÇA!

  • Saia do sofá e aproveite o tempo para fazer as coisas que nunca fez por não ter tempo, faça atividade física, se alimente da melhor forma possível, aprenda coisas novas  e evolua como profissional.
  • Desenvolva uma biografia profissional, linha do tempo, sugiro que faça em um power point, word ou até mesmo em um caderno,  uma apresentação sobre você mesmo e tudo que aprendeu nos últimos anos.

Comente sempre seus resultados, aquilo que trouxe de melhoria para a empresa e também para a sua vida. Nada de escrever coisas negativas sobre a empresa e sobre você. Isso lhe trará mais segurança para se vender no mercado.

  • Blinde o seu emocional, se afaste de pessoas tóxicas, críticas e que gostam de reclamar mesmo que isso seja complicado, não é momento de se preocupar com o outro, e sim com você.
  • Se relacione com as pessoas certas. Peça ajuda para ex-colegas, amigos de classe, ex-chefes e profissionais da área que podem contribuir com a sua recolocação e te trazer luz para questões que não encontra saída.

Vá a luta! A forma que enfrentará seus obstáculos será o que definirá o quão rápido passará por mais esse situação.

Se tiver alguma duvida entre em contato comigo. Boa Sorte!

Mônica Pina  é especialista em gestão de carreira e consultora do Sebrae. Contatos: WhatsApp 11 98985 9425 ou pelo site www.coachmonicapina.com.br | Foto: Redebrasilatual

0 Reviews

Relacionados

SE INSCREVA PARA RECEBER NOTÍCIAS E BOLETINS EXCLUSIVOS