Barueri é bronze com alunos do projeto Sala Maker na Olimpíada Brasileira de Robótica 

 Barueri é bronze com alunos do projeto Sala Maker na Olimpíada Brasileira de Robótica 

Crédito das fotos; Beatriz Lucato/Secom

Compartilhe essa matéria

Em disputa com competidores de outros estados, quatro alunos que frequentam o Projeto  Sala Maker da rede de ensino municipal conquistaram para Barueri a medalha de bronze na Etapa Nacional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), Modalidade Prática Virtual (Nível 1), Categoria Programação.

Os resultados foram divulgados na quinta-feira, dia 12, sendo os baruerienses premiados por equipe chamada “Mega Maker”, formada pelos alunos Pedro Henrique Pinheiro e Davi Nogueira Silva (5º ano da Emef Prefeito Nestor de Camargo – Jardim Mutinga), Nicollas Silvio Martins de Paula e Kevin Ruan Rodrigues dos Santos (7º e 8º anos da Emef Rita de Jesus – Parque Imperial). 

Os estudantes disputaram a OBR pela primeira vez, concorreram com outras quatro equipes brasileiras e chegaram à final após terem realizado, no dia 4 de outubro, no QG da Emef Profª Marlene Pereira Santiago (Parque Imperial), as apresentações de seus trabalhos desenvolvidos.  

Entre os alunos premiados, Davi Nogueira da Silva Cruz, 11 anos, disse ter sido muito importante fazer o curso, por meio do projeto Sala Maker, incentivado pelo seu pai. “É uma oportunidade boa. Quero ajudar a minha família com o que aprendi e ainda vou aprender na robótica”. 

O feito de Davi e seus colegas foi destacado por Felipy Manso, coordenador de Tecnologia Pedagógica – Departamento de T.I, da Secretaria de Educação. “Uma satisfação enorme saber que em tão pouco tempo os frutos do Projeto Sala Maker seriam reconhecidos em nível nacional em uma das etapas da OBR”.  

A coordenadora de Tecnologia Pedagógica – Departamento de T.I, Nathalia Tiani, também ressaltou o desempenho dos estudantes: “sempre acreditei no potencial desses alunos, que se dedicaram incansavelmente. Fazer parte desse projeto é uma alegria imensa, e ver o sucesso que alcançamos juntos é simplesmente espetacular!”.

Outros finalistas  

Neste ano, Barueri competiu ainda nas modalidades Prática Presencial e Teórica. Na disputa pelas primeiras colocações, a cidade participou também da final com a equipe “Capivaras Maker”, Nível 2, representada pelos alunos do 9º ano, Bryan Abreu de Amorim, da Emef Prefeito Nestor de Camargo, e Kayky Aráujo Costa – estudante da Emef Rita de Jesus. 

Investindo em tecnologia 

A OBR é um evento apoiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Educação (MEC) e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Em Barueri, a olimpíada é realizada pela Secretaria de Educação.

Para o secretário de Educação, Celso Furlan, o trabalho sério, realizado com compromisso e competência, se consolida em bons resultados. “Nossa equipe trabalha e investe em tecnologia para proporcionar educação pública de qualidade para os estudantes de Barueri. Essa conquista confirma que estamos no caminho certo. Parabéns aos alunos premiados e a todos envolvidos nesse programa fantástico, que é a Sala Maker!”, disse Celso. 

0 Reviews

Relacionados